Sim, nós entendemos! A oleosidade é uma das maiores vilãs cutâneas, não é? E em solo nacional, parece que o clima só contribui para piorar a situação. A cena a gente já conhece bem: lavar o rosto pelas manhãs, aplicar a make, sair com a produção impecável, e aí, horas depois, já sentimos o nariz, testa e queixo começando a dar os primeiros sinais de brilho excessivo. Basicamente, a pele oleosa tem como característica a produção excessiva de sebo através das glândulas sebáceas que, em muitos casos, pode causar a acne.

Porém, antes de você se desesperar com a chegada das temperaturas mais altas, existem diversos hábitos e cuidados que conseguem controlar a situação e manter o rosto sequinho o dia todo. Antes de tudo, é importante ter em mente que pele oleosa não é, necessariamente, uma pele hidratada, viu? Muitas pessoas confundem esses dois termos e a oleosidade também pode ser sinônimo de falta de hidratação. É exatamente por isso que na rotina de beauté é essencial seguir os quatro passos gerais:

limpar, tonificar, hidratar e proteger, mesmo no rosto misto e oleoso. Para ajudar na missão, separamos 8 dicas aliadas que vão reforçar o efeito matte. Papel e caneta na mão para anotar:

Antes de tudo, comece a sua rotina facial com uma boa limpeza com o combo sabonete facial + tônico adstringente. Esse primeiro passo vai remover as impurezas, equilibrar o pH e o adstringente vai dar uma força para controlar a oleosidade.
Logo em seguida, vá no hidratante! Sim, você leu certo. A hidratação é indispensável na pele oleosa para evitar o chamado “efeito rebote”, quando o nosso rosto produz mais sebo para repor o que foi removido por produtos em excesso – quem tem a pele oleosa tende a exagerar na limpeza. Mas a dica é escolher produtos específicos para essa condição, ou seja, fórmulas com ingredientes hidratantes e controladores de sebo.

Para fechar os cuidados, proteção solar! O sol pode aumentar a produção de sebo e a pele precisa de uma barreira contra os raios solares. Aqui vale a mesma dica do hidratante, aposte em um protetor de toque e seco e com agentes matificantes.
Agora sim, partiu make! Comece a maquiagem aplicando um bom primer específico para peles mistas e oleosas. Se você quiser, pode pular essa etapa e ficar apenas com o hidratante, porém, se a sua situação foi mais crítica, o primer vai ajudar a segurar a produção de sebo.

Nós amamos o efeito acetinado, mas passe longe dos produtos cremosos. O segredo é ir nos que sempre funcionam e não pioram a situação, como as fórmulas em pó. Produtos em creme tendem a ser mais oleosos e piorar o excesso de brilho ao longo do dia. Ah, e a dica também vale para o iluminador, hein? Os líquidos podem deixar o resultado glossy demais.

As bases matte são aliadas na missão. Apesar de ir na contramão da tendência fresh, elas são indispensáveis para a pele oleosa. As fórmulas possuem vários agentes matificantes e que ajudam a controlar o sebo. Outro ponto interessante é que mesmo com o efeito mais fake, na pele oleosa, esse tipo de base acaba ficando natural na medida certa, já que o brilho do rosto aparece com mais facilidade.

Dica das boas: ao invés de controlar a oleosidade o dia todo com o pó, que pode deixar a make muito pesada, aposte em lencinhos matificantes. Eles são ideais para aquele retoque ao longo do dia, sabe? Eles removem a oleosidade sem retirar a make e não deixam o efeito pesado.

E, claro, não dá para deixar o pó de lado. O segredo é remover a oleosidade da pele primeiro com um lencinho e, se você sentir necessidade, aplicar uma camada de pó bem fininho com um pincel por todo o rosto. Prefira os translúcidos, que só removem o brilho excessivo sem pesar.

 

Fonte: Steal the Look