Confira truques e dicas para usar sombra corretamente e destacar os seus olhos.

 

Tons básicos para cada cor de pele

Pele muito clara: deve optar pelos beges.

Pele morena-clara: escolhe a entre cobre e terracota.

Pele bem morena: combina com tons de café, amarelo ou chocolate.

 

Cinco dicas para colorir os olhos

1. Marrom, café, grafite, bege, rosa-antigo, pêssego, verde-cáqui, pérola também combinam com todos os tipos de pele.

2. Azul-turquesa, verde-água, verde-vivo, vermelho, lilás e rosa-pink são cores difíceis de usar. Se você não tem domínio sobre o efeito delas no seu rosto, prefira os tons neutros.

3. Preto, marrom-escuro ou chocolate devem ser usados no canto externo dos olhos, junto aos cílios. Isso deixará o olhar mais expressivo.

4. Laranja ou amarelo devem ser usados apenas em ocasiões especiais. Aplique apenas um toque no centro da pálpebra, sobre uma base de cor neutra.

5. Cores escuras envelhecem. A menos que seus olhos sejam grandes, com sobrancelhas arqueadas, troque o preto e o chumbo por tons mais claros de marrom e cinza.

Um truque para cada tipo de olho

Pequenos
Use tons escuros nas dobras das pálpebras e do meio das pálpebras em direção aos cantos externos. Aplique sombra clara só nos cantos internos e no centro para abrir o olhar. Você pode esfumar a sombra escura levemente nos cantos externos inferiores dos cílios.

Redondos
Aplique tons médios suavemente nos cantos internos e mais densamente nos externos para amendoar os olhos. Use a mesma sombra nos cantos exteriores, sob os cílios inferiores. Sob as sobrancelhas, iluminador.

Caídos
Levante os cantos externos aplicando sombra escura em direção ao final da sobrancelha. Evite os traços de sombras delineando o contorno dos olhos para não acentuar o formato caído.

Fundos
Prefira os tons claros, inclusive nas dobras dos olhos, para fazer as pálpebras sobressaírem. Escureça levemente nos cantos externos e ilumine próximo às sobrancelhas.

Salientes
Crie uma curvatura cobrindo com uma sombra escura toda a pálpebra (até a região da dobra), começando nos cantos internos e reforçando o tom escuro nos externos. Junto às sobrancelhas, use tom claro.

Juntos
Separe-os usando sombra clara no canto interno, na raiz dos cílios, e escolha tons mais escuros para os cantos externos. O mesmo tom claro pode ser usado sob as sobrancelhas.

Separados
Aplique um tom mais escuro nos cantos internos junto à raiz dos cílios, clareando em direção aos cantos externos e esfumando na dobra da pálpebra. Ilumine junto às sobrancelhas.

Tipos de sombra

Lápis-sombra
Práticas, as sombras desse tipo são ótimas para levar na bolsa e fazer retoques de última hora. Por ser cremosa, espalhe-a com a ponta dos dedos. Se a sua pele é muito oleosa, passe pó antes da sombra.

Compactas
Esse tipo de sombra é o mais comum no mercado e o de melhor fixação. Quanto mais clara a tonalidade, mais fácil de usar. O pincel com a esponjinha é o mais indicado para a aplicação.

Cremosas
As sombras cremosas normalmente são mais brilhantes, por isso deixe para usá-las em uma festa à noite. Após aplicá-la com o pincel, procure espalhar com o dedo para que o produto não fique concentrado apenas em uma região.

 

Erros mais comuns

Evidenciar as rugas
Sombras brilhantes são a pior escolha para quem tem rugas ao redor dos olhos. Quanto mais opaca, mais ela disfarça esses problemas.

Contrastes são perigosos
Na hora de misturar sombras, o mais seguro é escolher tons da mesma família. É muito arriscado querer sobrepor cores diferentes.

Carregar em tudo
Se você já está usando um batom forte ou blush marcado, faça uma maquiagem leve nos olhos, com tons de terracota e bege.

Brilho demais
A única região que permite overdose de brilho é a parte externa logo abaixo da sobrancelha (a menos que essa área seja protuberante). Reserve esse look para uma noite de festa ou um jantar sofisticado.

 

Fonte: mdemulher.abril.com.br