Quem sofre com pele oleosa sabe que isso pode ser um problema na hora da maquiagem! O brilho excessivo na zona “T” pode acabar com a produção, deixando a make com aspecto pesado e um acabamento pouco natural. Mas além de uma rotina de cuidados bem certinha, também dá para combater o problema com algumas dicas de maquiagem, como apostar em produtos matte e investir num pó compacto. Confira 5 truques!

1. Limpe muito bem o rosto antes de começar a maquiagem

De nada adianta fazer uma make mega bafônica se a pele não estiver limpa! Isso porque em pouco tempo, a oleosidade vai começar a derreter o look e todo o trabalho pode ir por água abaixo. Por isso, o primeiro passo para evitar o brilho excessivo na make é lavar muito bem o rosto, com um produto específico para pele oleosa. Aplicar um tônico adstringente também pode ser uma boa ideia e, se você tiver alguma espinha, essa é a hora de aplicar um tratamento localizado. Assim, com a pele livre de impurezas, a sua maquiagem ficará muito mais uniforme e duradoura.

2. Hidrate sempre o rosto antes da maquiagem para evitar o efeito rebote

Você já ouviu falar no efeito rebote? Ele acontece quando, ao usar produtos de limpeza muito adstringentes, se retira também a hidratação natural da pele. Aí, ela sente necessidade de produzir mais óleo! Para evitar esse probleminha, nada de pular a etapa de hidratação na rotina: depois de lavar, é essencial aplicar um creme específico para o seu rosto e que seja à base de água e de rápida absorção.

3. Invista na base com acabamento matte

A base matte é a mais indicada para as donas de pele oleosa, já que com a fórmula sequinha, a make dura muito mais tempo e o brilho na zona “T” demora mais para aparecer. Por isso, na hora de escolher a sua base, vale procurar por uma que prometa um acabamento sequinho, geralmente com partículas de pó.

4. Não abra mão do pó compacto para finalizar a zona ‘T’

A zona “T” é a região do rosto que mais fica oleosa, que corresponde à testa, laterais do nariz e queixo. Por isso, se a sua pele é bem oleosa, depois de aplicar a base, vale aplicar um pouco de pó compacto sobre essa região, para manter a oleosidade sob controle durante muito mais tempo.

5. O blush em pó é a melhor pedida para as donas de pele oleosa

Está na loja e bateu aquela dúvida: escolher um blush cremoso, líquido ou em pó? Se a sua pele for oleosa, a melhor pedida – sem dúvida – é a versão em pó. Assim, a sua pele não ficará com brilho excessivo nas bochechas! O segredo para que o rosto não fique brilhando é nunca aplicar o blush por cima da base e sempre pincelar com uma camada de pó facial antes para um resultado bem sequinho.

Fonte: Tudo sobre Make