Assim como nossa pele, os cabelos ficam muito expostos às agressões do dia a dia. Por isso, mesmo que você capriche nos cuidados capilares, os fios ainda assim podem ficar danificados. No entanto, dá para perceber quando as madeixas não estão tão saudáveis. Quer saber como reconhecer esses sinais de que os fios estão precisando de uma forcinha? Então confira as dicas!

OS CABELOS COMEÇAM A QUEBRAR COM FACILIDADE

Antes de mais nada, é preciso saber a diferença entre queda e quebra de cabelo. No primeiro caso, existem alguns fatores que podem contribuir para a queda dos fios, que começam a cair desde a raiz, e que nem sempre tem a ver com falta de cuidados. Pode ser estresse, alimentação ruim ou mesmo problemas hormonais e devem ser tratados com um médico especialista.
No caso da quebra, os fios se partem ao meio e, em muitos casos, isso tem a ver com a saúde dos cabelos. Eles podem estar ressecados por causa de procedimentos químicos, ferramentas de calor ou pela falta de rotina no cotidiano. Se isso está acontecendo com você, então é hora de dar mais atenção às suas madeixas.

PONTAS DUPLAS TAMBÉM É UM SINAL DE ALERTA

Quando o cabelo fica muito opaco e ressecado, nem sempre os fios ficam quebradiços, mas formam as famosas pontas duplas. É que a camada que protege a cutícula vai embora e acaba deixando as pontas espigadas.
Para minimizar a situação, você pode e deve hidratar bem as madeixas, além de usar silicone na finalização, que já ajuda bastante. Mas quer uma #dicadedivaamiga? O melhor jeito de acabar com as pontas duplas é cortar os fios e, em seguida, investir em cuidados para evitar esse aspecto.

O CABELO FICA ELÁSTICO E PERDE O MOVIMENTO NATURAL

Se você faz uso de alguma química por muito tempo, deve ter notado em algum momento que os cabelos perderam o balanço e o movimento natural. Em alguns casos mais críticos, eles podem ficar elásticos, como se fosse um chiclete, sem brilho e pesados.
Isso acontece principalmente com quem precisa descolorir as madeixas, já que o processo é muito agressivo até mesmo para quem está com os fios saudáveis. Para recuperá-los e devolver a saúde, a dica é apostar em reconstruções com queratina líquida.

E OS CABELOS CRESPOS E CACHEADOS?

Vale lembrar que cada cabelo é único e muitos sinais podem se manifestar de forma diferente, dependendo do tipo de fio. Os cabelos cacheados e crespos, por exemplo, são naturalmente mais ressecados e com frizz, mas isso não significa necessariamente que eles não estão saudáveis.
O mais importante, nesse caso, é não deixar a situação piorar, mantendo a hidratação dos cachos sempre em dia. Outro tratamento que é mara para quem curte mais definição é a umectação com óleos vegetais.

 

Fonte: Fique Diva