Shampoo e condicionador não conseguem sozinhos deixar os fios protegidos. É para isso que existem produtos protetores. Conheça diferentes tipos!

 

Leave-in e creme de pentear

 

O creme de pentear desembaraça os fios e reforça a hidratação. Já o leave-in, além de desembaraçar e hidratar, também modela levemente os cabelos – dá volume, aplaca o frizz e define cachos. E devem ser passados no comprimento dos fios e nas pontas – nunca no couro cabeludo.

Dica: Aplique o equivalente a um grão de feijão (nos cabelos limpos e úmidos). Espere secar e observe. Se não foi suficiente, da próxima vez passe um pouco mais até chegar à quantidade certa para você.

 

Reparador de pontas

 

É perfeito para quem fez alisamento ou usa tintura, pois tira o aspecto espigado das pontas secas. Também chamado de silicone ou sérum, ele forma uma fina película ao redor do fio e o deixa mais maleável e com brilho. O produto ainda ajuda a domar o frizz (se ele for leve). Pode ser usado em todos os tipos de cabelos, mas com moderação para que não fiquem oleosos e sem volume.

Dica: Na hora de comprar o produto, procure na fórmula a substância feniltrimeticona, que aumenta o poder do reparador de aderir ao fio e hidratá-lo.

 

Protetor térmico e defrisante

 

Os protetores não deixam o calor do secador danificar os fios, reduzem o frizz e fazem com que a chapinha deslize mais facilmente. Eles podem vir nos defrisantes – produtos que facilitam a escovação e ajudam a reduzir o volume (ótimos para dias úmidos, quando o frizz deixa a cabeleira com jeito de espantalho). Mas, atenção: nem todo defrisante tem proteção térmica. Procure os que tenham.

Dica: Os defrisantes ideais levam óleo natural. Os que levam óleos minerais podem fritar os seus cabelos em contato com o calor.
Fonte: M de Mulher