A chapinha é capaz de alisar os cabelos com rapidez e eficiência e sem precisar utilizar químicas. Ela vem evoluindo cada vez mais, no passado era feito de placas de alumínio, hoje elas possuem placas de cerâmicas, é usado até mesmo em técnicas de transformação e tratamento.

O cabelo deve estar limpo e seco. Secar bem os fios com o secador é fundamental antes de usar a chapinha, e fazer uma escova seria ideal, pois irá facilitar no deslizar da chapa.

Use um bom produto termo ativado para proteger os cabelos do calor e, de quebra, garantir o efeito liso por mais tempo. Use-o em todo o cabelo, sem exagero para não pesar os fios.

Aqueça a chapinha antes de passá-la nos fios, para que fique na temperatura ideal e não seja necessário ficar passando várias vezes na mesma mecha de cabelo.

Comece a passar pelos fios de trás. Divida o cabelo em mechas, prenda os fios de cima e da frente. Passe a chapinha da raiz para as pontas e apenas uma vez em cada mecha.

Passe a chapinha de forma contínua para não queimar os fios.

No caso da prancha de metal que não tiver um termostato, que desliga a chapinha de tempos em tempos, a pessoa terá que fazer isso manualmente, tirando-a da tomada de vez em quando, para que ela não aqueça demais e queime os fios.

Mesmo assim, a chapinha resseca os fios. É importante fazer hidratações no cabelo, tanto em casa como no salão, para restaurar a umidade perdida.

 

Fonte: Beleza e Saúde

TAGs